fbpx
20 abr

Quatro dicas para se proteger do COVID-19 em ambiente hospitalar

Confira recomendações de segurança que farão toda a diferença para a saúde dos profissionais da Enfermagem

O Brasil conta com mais de 2,2 milhões de profissionais de Enfermagem, que estão na linha de frente da luta contra o novo coronavírus (COVID-19).

Por esse motivo, as medidas preventivas são de extrema importância para retardar a progressão da pandemia, seja dentro ou fora do hospital.

A seguir, confira algumas dicas para se proteger do vírus durante a sua escala de trabalho.

  1. Respeite a sua escala: essa é uma maneira eficaz para a sua proteção (e a de colegas de equipe) diante de uma possível contaminação. Então se a sua equipe estiver separada por grupos de atendimento – ou seja, urgência e emergência –, respeite a atividade para qual foi designado. Geralmente o número de profissionais que precisam estar à frente em campo deve ser determinado pelo seu gestor.
  1. Reconheça as prioridades: o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), a partir da Comissão Nacional de Saúde da Mulher, recomenda que as profissionais da enfermagem grávidas ou lactantes sejam realocadas em seus serviços de saúde. Essa medida visa prevenir e proteger mães e bebês do contato direto com o vírus.
  1. Atenção às áreas de segurança: fique atento às áreas de segurança durante os atendimentos para que pacientes com suspeita de COVID-19 não se misturem com pacientes já infectados. É importante que o local seja aberto e ventilado, e próximo ao local de atendimento médico.
  1. Não abra mãos dos EPIs: em hipótese alguma deixe de utilizar todo o equipamento de proteção. Isso inclui: máscara cirúrgica, máscara de proteção respiratória, luvas, protetor ocular ou protetor facial, e capote ou avental.

Essas são algumas medidas que visam reduzir a transmissão do vírus na comunidade ou ambiente familiar. Para conferir essas e outras dicas, baixe a cartilha especial aqui ou acesse https://coronavirus.saude.gov.br/ para conferir outros conteúdos dica de prevenção sobre a doença.

Aqui você também tem acesso a diversos vídeos informativos voltados aos profissionais da saúde.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

× Como posso te ajudar?