fbpx
21 fev

Direito Médico: confira 9 dicas para uma carreira de sucesso

Muitas pessoas nem param para pensar em quão importante é a área jurídica para qualquer instituição, principalmente as de saúde. Com isso, a área de Direito Médico ganhou maior destaque em vista das soluções das problemáticas frequentes relacionadas ao tema.

Médicos, enfermeiros, advogados, farmacêuticos, psicólogos, odontologistas, administradores de clínicas e hospitais estão, cada dia mais, preocupados com as normas e regulamentações relacionadas às suas respectivas atividades.

Nos últimos anos, o número de conflitos envolvendo a área da saúde aumentou nos tribunais de justiça, sendo as principais ações judiciais movidas contra planos de saúde e hospitais. Fato que está relacionado com direito civil e direito do consumidor.

Assim, o profissional do Direito Médico, tem um papel importante nesse cenário de proteção jurídica às partes envolvidas. Seja na resolução do caso – antes que chegue aos tribunais –, ou na tarefa de encontrar uma solução viável para ambas as partes.

Logo, o papel do profissional especializado em Direito Médico está no centro das atenções e, para você que está interessado em seguir esse caminho, preparamos um guia para te orientar nessa jornada. A seguir, confira as nossas dicas para ter uma carreira de muito sucesso:

  • Conheça o Código de Defesa do Consumidor: a prestação de serviços médicos se enquadra no Código de Defesa do Consumidor. O profissional precisa conhecer bem o conjunto de normas para ter propriedade e saber quais direitos amparam (ou não) o paciente.
  • Estude o Código de Ética Médica: na área médica existem muitas normas que devem ser seguidas. Os mecanismos do Código de Ética Médica levam em consideração muitos aspectos relacionados à conduta médica, como exemplo, o consentimento informado e a confidencialidade – e o profissional do Direito Médico precisa conhecer todos os detalhes.
  • Tenha conhecimento prático: sempre que possível, vivencie na prática todos os casos que tiver contato. Será muito importante entender e discutir a saúde pública e suplementar no Brasil e do mundo. É necessário compreender a relação entre Estado, Judiciário, Ministério Público, Defensoria, Operadoras de Plano de Saúde, Governo e outros elementos terceiros, como médico e instituições de saúde.
  • Interdisciplinaridade: compreender a prática médica será essencial nessa jornada. Será preciso ter noção de biologia, anatomia e fisiologia. Cada ser humano é único, da mesma forma que cada caso é exclusivo. Por isso, esse entendimento é excepcional.
  • Atualize-se: nunca pare de aprender! Estude todos os fundamentos relacionados ao Direito Médico. Tenha precaução para analisar uma causa médica, informe-se bem antes de dar o parecer final. Pesquise, estude, participe de congressos e seminários do segmento. Quanto mais conhecimento você tiver, mais sucesso terá em seus casos.
  • Esclareça: sempre faça uma introdução explicativa do caso, contextualize toda a situação para que o juiz compreenda bem. Reúna todos os documentos e dados importantes. E tenha total segurança de que está certo e amparado com bases legais para poder agir.
  • Relação humana: prepare-se psicologicamente para participar da vida do paciente, do médico ou da pessoa envolvida no caso. O ser humano tem suas fragilidades e, na maioria das vezes, pode chegar com sofrimento e com a estabilidade emocional afetada. Seja amigo e orientador.
  • Habilidades intelectuais e pessoais: tenha análise crítica, defenda causas por meio de discursos sólidos, éticos, legais e bem justificados. Compreenda problemas de forma interdisciplinar, com capacidade de sintetizar informações complexas e de se submeter a críticas, tenha empatia e adquira excelentes habilidades de negociação. Desenvolva uma boa comunicação escrita e oral, facilidade de interação e trabalho em grupo.
  • Saúde: cuide da sua saúde e tenha hábitos saudáveis para exercer a profissão com integridade física e mental adequada.

 

Bem, esperamos que você tenha gostado desse conteúdo e que tenha se encantado ainda mais com essa profissão! E, caso tenha interesse em começar o seu curso de Pós-Graduação em Direito Médico, clique aqui e saiba mais ou entre em contato com a gente.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

× Como posso te ajudar?