fbpx
31 maio

Organização Mundial da Saúde cria campanha para alertar sobre o uso do tabaco e nicotina entre os jovens

Durante décadas, a indústria do tabaco trabalhou deliberadamente com estratégias, agressivas e bons recursos para atrair o público jovem para o consumo de cigarros entre outros acessórios.

Pesquisas revelam que a indústria, cada vez mais, aprofunda suas estratégias de marketing visando atrair o público adolescente. E essa abordagem inclui desde campanhas de marketing bem elaboradas, criação de produtos com sabores e aromas a design de produtos e/ou acessórios para a mesma finalidade.

Tudo isso é feito com o objetivo de mascarar os milhões de mortes e outras consequências causadas pelo uso frequente do tabaco e da nicotina. Por isso, visando alertar o público jovem sobre o outro lado da moeda, a Organização Mundial da Saúde (OMS), lançou em 2020 a campanha “Big Tabaco”. A campanha tem o objetivo de oferecer informações e engajar os adolescentes sobre o lado prejudicial do uso do cigarro.

Como o tabaco e as indústrias relacionadas estão manipulando a juventude?

Atualmente, um dos principais atrativos de sedução para o uso do tabaco e da nicotina entre os jovens é a comercialização de produtos com gostos mais suaves e doces, que além de subestimar os danos à saúde, também incentivam a experimentação.

Além disso, a estratégia também destaca fatores que muitas vezes não são verdadeiros como, por exemplo: ‘’dano reduzido’’ ou alternativas ‘’mais limpas’’ aos cigarros convencionais.

A indústria também patrocina celebridades e influenciadores para promover esse ‘’estilo de vida’’ com a divulgação dos produtos em suas redes sociais. E não se pode esquecer publicidade no ponto de venda que muitas vezes também são vistos por crianças. Esses produtos são estrategicamente colocados perto dos doces, lanches e refrigerantes onde a visibilidade é sempre maior.

Outro ponto muito importante é a venda de cigarros descartáveis próximo às escolas, facilitando ainda mais o acesso ao produto. Por fim, ainda existe o marketing indireto, que faz merchandising de cigarros em filmes, programas de TV e programas de streaming on-line. Toda essa estratégia, sem dúvida, desperta a curiosidade e aproxima os mais os jovens de um hábito muito prejudicial a saúde.

Sobre a campanha global do Dia Mundial Sem Tabaco 2020

A campanha deste ano contra o tabaco irá desmascarar mitos e expor as táticas de manipulação empregadas pela indústria para convencer os jovens a consumirem tabaco e nicotina. Seja através da comercialização de cigarros aromáticos ou de acessórios.

A OMS acredita que ao munir os jovens com informação, o combate contra o uso do produto será muito mais eficaz. A ideia da campanha é promover a liberdade de escolha e ao mesmo tempo garantir a proteção da saúde desses indivíduos.

A campanha também pede a contribuição e o apoio de influenciadores digitais. Por estarem mais conectados com os jovens, a Organização acredita que possa existir uma comunicação mais assertiva para a transmissão da mensagem, através destes influenciadores.

Para saber mais sobre a campanha, acesse 31 de Maio – Dia Mundial Sem Tabaco e faça parte dessa luta.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

× Como posso te ajudar?